"QUEM SABE FAZ A HORA NÃO ESPERA ACONTECER"

Vandré

Páginas

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Domingos Filho passa presidência da Mesa Diretora da AL para Gony Arruda

O deputado Domingos Filho (PMDB) renunciou na tarde desta quarta-feira, 29, ao cargo de presidente da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa. A partir do dia 1º de janeiro, ele assumirá a vice-governadoria do Estado, juntamente com o governador Cid Gomes. De acordo com o Regimento Interno da Casa, assume o 1º vice-presidente, deputado Gony Arruda (PSDB). O anúncio foi feito durante coletiva à imprensa, realizada na AL.

Domingos Filho disse que cumpriu sua missão dentro do que lhe foi possível, e que, procurou conduzir os trabalhos da Assembleia Legislativa sempre de forma compartilhada. “No Governo, quero contribuir ao lado do governador Cid Gomes, para a melhoria da qualidade de vida do povo cearense”, pontuou.
O POVO

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

PSDB, agora, quer saída de Gony Arruda


A presença do tucano Gony Arruda no primeiro escalão do novo governo de Cid Gomes (PSB), no comando da Secretaria dos Esportes (Sesporte), desagradou a executiva estadual do PSDB, que, desde o último dia 23, já havia sinalizado que o correligionário que aceitasse compor a gestão do governador reeleito precisaria se desligar do partido.


O presidente estadual interino do PSDB, deputado federal Raimundo Gomes de Matos, que disse ter tido conhecimento da ida do tucano para a Sesporte pela imprensa, confirmou que a executiva vai exigir o desligamento de Arruda, caso ele seja nomeado pelo governador.


“Em todos os estatutos dos partidos, no capítulo dos deveres e direitos dos filiados, está bem claro que este, quando convidado a assumir cargo ou função de confiança em governos não apoiados pelo partido ou que na eleição não tenha participado de coligação, deve pedir autorização à Comissão Executiva ou pedir seu desligamento do partido, coisa que em momento nenhum, na atual presidência, nós não fomos contactados”, justificou Gomes de Matos.


No entanto, o presidente deu sinais de que Gony Arruda ainda terá uma chance de permanecer no partido. “Cabe ao parlamentar indicado averiguar o que o regimento prevê e avaliar o convite formulado. O fato só se concretiza depois da nomeação. Não posso fazer nenhum pré-julgamento”.


Por sua vez, o deputado estadual Marcos Cals (PSDB), que ficará sem mandato a partir de janeiro de 2011, disse que foi comunicado do convite pelo próprio Gony Arruda, através de um telefonema, “meia hora” antes do anúncio de Cid Gomes.


Em discurso aparentemente mais rancoroso, Cals acusou o governador de “estar querendo desmoralizar o PSDB no Estado”. De acordo com o tucano, que fez questão de frisar que esta é uma opinião pessoal, Cid estaria “atraindo para o governo dele o endurecimento do tom da oposição que o PSDB vai fazer”.


Com a postura adotada pelo governador, segundo Cals, Cid agradou metade da bancada dos deputados estaduais do PSDB, retribuindo “o trabalho que eles tiveram na última eleição e também convocando o primeiro suplente do partido, professor Teodoro”.


Respaldado

Já o deputado estadual Gony Arruda, que esteve presente no evento de anúncio do novo secretariado, destacou que, assim que foi sondado para ocupar a Sesporte, consultou todos os deputados que compõem a bancada do PSDB na Assembleia e teve o “de acordo” de 5 dos 7 parlamentares.

Além disso, ele afirmou que também comunicou à executiva sobre o convite feito, segundo ele, ontem a noite, e que ainda não havia nenhuma posição dentro do PSDB em relação a postura da sigla diante do governador. “Nós vamos chamar uma reunião com todos os deputados estaduais eleitos para discutir o assunto”, garantiu.

Cid chama PSDB e troca líder na Assembleia


O anúncio do primeiro escalão de secretários do segundo governo de Cid Gomes (PSB) trouxe duas surpresas: A indicação de um membro do PSDB - o deputado estadual Gony Arruda (PSDB) - para compor o governo, mesmo após o rompimento de Cid com o núcleo duro dos tucanos, na última eleição e, na outra ponta, a indicação de Antônio Carlos, 2º vice-presidente do PT do Ceará, para a liderança do governo na Assembleia Legislativa.


A indicação de Antônio Carlos surpreende pelo fato de ser um político inexperiente em cargo legislativo, que recebe a confiança do governador mesmo sem possuir intimidade com o regimento e com o jogo interno da AL. Ele assumirá como suplente em função do afastamento de deputados petistas que serão secretários.


A outra surpresa é a indicação de Gony Arruda para o Esporte. O fato expõe a fragilidade do PSDB, que tenta se consolidar como oposição a Cid, mas enfrenta resistência de parlamentares.


Segurança Pública

Para a Secretaria da Segurança Pública, um dos setores mais complicados do governo, Cid indicou o coronel da Polícia Militar Francisco José Bezerra Rodrigues, mais conhecido como coronel Bezerra. “Será o primeiro militar (da PM) a assumir a Segurança”, ressaltou Cid.

A maioria dos secretários é filiada ao PSB, partido do governador, que comandará sete pastas. Os executivos sem filiação partidária são seis e não entram nas cotas dos partidos. O PT ficou com quatro pastas, o PMDB com três e, com duas pastas, ficou o PDT. PRB, PCdoB e PSDB ficaram com uma pasta.

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Diplomação de Mirian é acompanhada pelo prefeito de Acopiara Antonio Almeida e por familiares


-“Acopiara se sente feliz e com representatividade ao ter Mirian Sobreira como Deputada”, falou o prefeito de Acopiara, Antonio Almeida, ao participar da diplomação de Mirian. O prefeito estava acompanhado da Primeira Dama acopiarense Rosa Almeida. Familiares também se fizeram presentes ao evento onde emocionados viram a Deputada receber seu diploma de parlamentar.

A deputada eleita Mirian Sobeira (PSB), foi diplomada e irá em 2011 representar o município de Iguatu, região centro-sul e o Ceará na Assembléia Legislativa.

www.iguatu.org

Cid Gomes: em 16 meses, Ceará terá a melhor estrutura de saúde pública do País


O governador eleito Cid Gomes (PSB) declarou na noite deste domingo, que em 16 meses, o Ceará terá “a melhor estrutura de saúde pública de todos os Estados do Brasil”. “Esse é o meu compromisso”, enfatizou. A declaração foi dada na noite deste domingo, 19, em entrevista ao programa “Questão Aberta”, da TV Diário.

Segundo ele, a meta será alcançada com a conclusão dos dois hospitais do Interior do Estado - Cariri e Região Norte -, além das 21 policlínicas em todas as microrregiões do Estado. Ainda de acordo com o governador, está pactuado com o Governo Federal a implantação de 32 unidades de pronto atendimento em todo o Ceará.

Dilma Rousseff aceita convite de Cid e, junto com Lula, vem ao Ceará para lançamento da refinaria


O governador Cid Gomes (PSB) acaba de informar ao blog, direto de Brasília, que o presidente Lula confirmou nova visita ao Ceará dia 29 para lançar a pedra fundamental da refinaria do Pecém. A novidade é que a presidente eleita, Dilma Rousseff (PT), aceitou o convite e disse ao governador que também participará do ato.

Cid e Dilma Rousseff almoçaram hoje em Brasília. Diante do convite, a presidente eleita, em tom jocoso, disse o seguinte: “Vou porque sou eu que vou fazer (a refinaria)”. O emprendimento é da Petrobras.

O governador passou o dia em Brasília em articulações em torno das cotas que seu grupo político e o PSB vão ocupar no Ministério de Dilma Rousseff. Quando falou com o blog, às 20 horas, o governador estava indo para outro encontro com a futura presidente. Os encontros estão ocorrendo na Granja do Torto.

O governador não se arriscou a dar dicas mais diretas sobre as articulações, mas disse que as conversas vão chegar hoje a termo final. Cid disse que as articulações estão bem encaminhadas. É possível que saia ainda hoje a indicação de Ciro Gomes para a equipe ministerial. Cid Gomes retorna ao Ceará logo depois dessa ultima conversa.

domingo, 12 de dezembro de 2010

Prefeito Antônio Almeida faz entrega de novos fardamentos aos Agentes de Trânsito e da Guarda Civil


Na manhã da sexta, 10 de dezembro, o prefeito Antônio Almeida Neto fez a entrega dos novos fardamentos dos Agentes de Trânsito e Guarda Civil do município em solenidade realizada no auditório do Cetec.

Presentes também no evento o comandante da Polícia Militar de Acopiara, Cap. Julião, e o Superintendente de Trânsito do Município, Júlio Fenelon Júnior.

O efetivo dos agentes de Trânsito recebeu a nova farda com faixas refletivas, garantindo mais segurança para os agentes.

O Capitão PM Julião enfatizou a importância do fardamento. “A farda é antes de tudo um referencial de qualquer instituição e de seu funcionário.”

A produção do fardamento dos Agentes da Guarda Municipal também seguiu sua linha padrão sem perder o referencial dos vigilantes, dando mais segurança para a realização do trabalho, com tecido mais resistente, térmico, mais leve e ainda oferece proteção e o novo calçado é impermeável (à prova d’água).

Cada uniforme é composto por camisa de manga longa, calças, camiseta de malha, boné, um par de botas (coturno), além dos parlamentos: identificação com o nome do agente, um cinto e um fiel para apito (cordão preto), cinto passeio e cinto guarnição.

Para os agentes de trânsito além do fardamento foram incluídos um porta talonário e um porta HD.

Dilma ressuscita ideia de indicar Ciro Gomes para primeiro escalão


Em conversa com o presidente do PSB, Eduardo Campos, que entrou pela madrugada de ontem, a presidente eleita, Dilma Rousseff, ressuscitou a ideia de levar o deputado Ciro Gomes (PSB-CE) para o primeiro escalão na cota do PSB.

No desenho proposto por ela, Ciro voltaria para a Integração Nacional e Fernando Bezerra, que Campos havia escolhido para essa pasta, assumiria a Secretaria de Portos. Caso Ciro recusasse a oferta, Bezerra ficaria com a Integração, deixando Portos para Beto Albuquerque.

Fonte: Folha

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Fim de mandato. Em sua despedida, Tasso diz que Lula foi ''decepção''


Sete anos e nove meses após ter subido pela primeira vez à tribuna do Senado, Tasso Jereissati (PSDB) despediu-se ontem da Casa com um discurso duro, quase rancoroso, que abreviou em 14 páginas um mandato inteiro de críticas ao governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Embora melancólico em alguns momentos, o adeus do tucano primou pela aspereza. Tasso chamou Lula de “decepção” e fez questão de lembrar, uma a uma, as acusações da “enciclopédia de escândalos” que, segundo ele, abalaram o Palácio do Planalto.


“Chama a atenção o fato de que nada menos que dois ministros da Casa Civil, José Dirceu e Erenice Guerra (ambos do PT), caíram por envolvimento em escândalos. Fica claro que ali, no coração do governo, era onde a serpente punha seus ovos”, atacou Tasso, depois de ter listado nominalmente outros personagens questionados na Justiça por supostos desvios administrativos.


Foram cerca de 40 minutos de alfinetadas contundentes contra Lula, que é considerado o maior responsável pela inédita derrota de Tasso nas urnas, no último mês de outubro. O petista comprou a briga contra o tucano e, durante a disputa eleitoral, não sossegou até garantir os quase cinco milhões de votos que elegeram Eunício Oliveira (PMDB) e José Pimentel (PT) para a bancada cearense no Senado.


Ao dar sinais de ressentimento, Tasso chegou a comparar o presidente com o anti-herói literário Macunaíma, do escritor brasileiro Mário de Andrade. “(Trata-se de) alguém que apenas transita pelo mundo ao sabor do acaso, sem outro fim ou projeto que não seja o da própria sobrevivência, capaz de tudo para consegui-la. Lula se vangloria de ter construído o Brasil, assim como Macunaíma se julgava capaz de controlar o universo manipulando monstros e deuses”, proferiu.


A fala dura só deu trégua quando cessaram as folhas de papel nas quais Tasso lia sua despedida. Com a voz aparentemente embargada, ele saudou o Ceará, os colegas de Senado - “até os amigos do cafezinho, da portaria e dos elevadores” – e foi aplaudido pela plateia de senadores, aliados e adversários.


O senador Pedro Simon (PMDB-RS) chegou a derramar lágrimas. Tasso estampou um semblante tristonho, agradeceu por três vezes e permaneceu de pé na tribuna por cerca de três horas mais – tempo em que passou a ouvir palavras de apoio dos colegas.


Apartes

O único parlamentar do PT a acompanhar a despedida do cearense foi Eduardo Suplicy (SP), que saiu em defesa do Governo Lula, mas também elogiou um de seus principais opositores. Emocionada, a senadora cearense Patrícia Saboya (PDT) – eleita em 2003 através de uma dobradinha com Tasso – convidou o tucano a “voltar para nossa terra, nossas famílias, cumprir novas etapas da vida”. Patrícia também encerra carreira no Senado, mas para assumir vaga na Assembleia Legislativa.

À revelia da “aposentadoria política” prometida por Tasso desde a derrota, Pedro Simon propôs que ele não abandone a vida pública e pediu até mesmo que assuma o comando nacional do PSDB – o partido elegerá nova direção no início de 2011.


O atual presidente da sigla, Sérgio Guerra (PE), que estava presente no Plenário, não se manifestou sobre o assunto. Tasso – que já foi cogitado para o posto, mas teria negado interesse – fingiu não ter ouvido a sugestão do colega.


As palavras finais do cearense foram de resignação. Declarou amor ao Ceará, “independentemente de não ter ganhado a disputa eleitoral”, garantiu que parte com a consciência tranquila de que seus filhos e netos poderão se orgulhar e agradeceu novamente pelo apoio. Segundo sua assessoria de imprensa, o senador voltaria a Fortaleza na mesma noite.

''Me preparo para eleger até um poste''


“Eu me preparo para eleger até um poste. E sem luz!” Foi assim que a prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins (PT), reagiu ontem ao ser indagada sobre os preparativos para sua sucessão em 2012, uma incógnita até aqui pela ausência de nomes para disputar a Prefeitura. Luizianne, contudo, não quis citar possíveis candidatos, mas garantiu que, como qualquer chefe do Executivo, quer eleger seu substituto para dar continuidade a uma gestão que, apesar de tantas críticas, será, segundo ela, reconhecida por muitos projetos importantes que estão sendo implantados.


A prefeita reconheceu que sua administração é alvo de críticas e questionamentos, mas observou que “não é fácil gerir uma máquina diante de tanta burocracia”. Lembrou que tem boas intenções, mas que, às vezes, esbarram nessa burocracia de licitações que acabam questionadas por derrotados, por tribunais de contas, na tramitação de ministérios e na falta de recursos. “Penso até um dia em escrever um livro sobre isso tudo”, acentuou, antes de seguir para Brasília, para participar do lançamento da segunda etapa do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2).


Indagada sobre a demora na entrega das obras do Estádio Presidente Vargas, reiterou que isso também é resultado da burocracia. Luizianne afirma que não divulgará mais data de entrega de obra nenhuma, porque, quando faz isso, acaba surpreendida pela burocracia ou algum outro tipo de problema que foge do seu alcance. “A intenção é entregar com qualidade e não foi feito só restauro. É obra pra valer!” Outra obra para a qual Luizianne se recusa a dar uma nova data de entrega é o Hospital da Mulher, promessa da primeira gestão.


Também com olhos para 2012, Luizianne reforçou que continua “tranquila” sua relação com o governador Cid Gomes (PSB), apesar de “muitos quererem criar todo dia uma briga nessa relação”. Para Luizianne, essa é uma relação “virtuosa”. “A gente se entende muito e tenta preservar a ordem”, reforçou.

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Aécio e Alckmin querem refundação do PSDB


São Paulo - O governador eleito de São Paulo, Geraldo Alckmin, defendeu na tarde de ontem a refundação do PSDB, com atualização do programa partidário da legenda.

Após almoço com o senador eleito Aécio Neves (PSDB-MG) na capital paulista, Alckmin pregou a união dos quadros da legenda e sustentou a necessidade do PSDB atuar como uma oposição propositiva e inteligente. "Nós vivemos momentos diferentes. O partido foi fundado na década de 80 e hoje nós estamos em um outro momento", disse o governador eleito. "Então, é importante atualizar o programa partidário (do PSDB) para fazer uma oposição propositiva, inteligente, que ajude o Brasil", completou.

"O nosso programa foi construído em cima de uma realidade que não é mais a do Brasil. Então, isso tem de ser visto de forma absolutamente natural", disse Aécio que sugeriu ao PSDB que o processo de refundação seja coordenado pelo ex-presidente da República Fernando Henrique Cardoso, pelo ex-governador José Serra e pelo senador Tasso Jereissati (PSDB-CE). "É fundamental que contemos para a reconstrução do projeto do programa partidário com as principais lideranças do partido", ressaltou, defendendo a unidade da legenda. "Nós sabemos que a nossa unidade é essencial para que nós possamos construir um projeto viável para o Brasil".

O senador eleito pelo estado de Minas Gerais pregou a defesa pelo PSDB do que chamou de "ideias novas", como uma economia sustentável, a profissionalização do setor público e a qualificação de jovens.

Em clima de coleguismo, os tucanos trocaram elogios entre si e minimizaram as recentes trocas de farpas entre integrantes do PSDB de Minas Gerais e de São Paulo. "Não há nenhuma divisão, estamos unidos para trabalhar pelo Brasil", disse Alckmin. O ex-governador de Minas Gerais retribuiu os afagos e considerou de "menor importância" as rusgas entre tucanos dos dois Estados. "É um prazer sempre muito grande conversar com Geraldo, o meu amigo de muitos anos. Uma das lideranças mais expressivas do PSDB", avaliou.

Cid Gomes: “é mentira que estou pedindo cargo para o Ciro no Governo Dilma”


O governador Cid Gomes concedeu uma longa entrevista ao portal IG onde bateu duro ao declarar que não está atrás de um cargo para o irmão, deputado federal Ciro Gomes. Também criticou o PMDB e disse que a presidente Dilma Roussef não pode ficar na mão desse partido.

Outro assunto tratado pelo governador Cid Gomes foi sua relação com o PSDB. Reafirmou que era seu desejo de apoiar a reeleição do senador Tasso Jereissati. Não descarta uma reaproximação com os tucanos, apesar de condenar a postura raivosa do PSDB com sua candidatura durante as últimas eleições.

Fonte: Ceará Agora

Secretaria da Cultura, Esporte e Juventude ganha Selo de Responsabilidade Cultural


O Secretário Municipal da Secretaria da Cultura, Esporte e Juventude Robson Almeida, e sua equipe, foram premiados na última quarta-feira, 1º de dezembro, com o Selo de Responsabilidade Cultural, ofertado pelo Governo do Estado do Ceará.

O Selo de Responsabilidade Cultural do Estado do Ceará é uma promoção da Secult com consultoria cultural da Ética Gestão e Desenvolvimento e a entrega da premiação aconteceu em evento realizado no Teatro José de Alencar em Fortaleza.

O Selo foi instituído pela Lei no. 13.426, de 30 de dezembro de 2003, com o fim de promover o reconhecimento público às pessoas jurídicas de direito público ou privado, com ou sem fins lucrativos, que comprovadamente apóiem o desenvolvimento das ações culturais direcionadas ao engrandecimento cultural do Estado do Ceará.

Para o Secretário Robson Almeida foi uma conquista importantíssima, pois o Estado do Ceará reconhece a Prefeitura Municipal de Acopiara como uma entidade que presta valorosos serviços no desenvolvimento e valorização da diversidade cultural do município e do Estado.

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

PETISTAS NORDESTINOS QUEREM MAIS ESPAÇO PARA REGIÃO NO GOVERNO DILMA


As lideranças do PT no Nordeste querem mais espaço para a região no futuro governo da presidente eleita Dilma Rousseff. Segundo o deputado federal reeleito José Guimarães (CE), o PT nordestino, liderado pelo governador reeleito da Bahia, Jaques Wagner, vai buscar espaço para que um de seus representantes assuma um ministério no futuro governo.


"O PT do Nordeste é PT nacional, não serão mais tratados como um apêndice do Brasil, nós somos responsáveis pela vitória da Dilma. O PT e o governo precisam olhar de uma forma diferente o Nordeste. Na política, nós fizemos muito bem o dever de casa", disse Guimarães, deputado petista mais votado no Ceará.

Para o senador eleito por Pernambuco Humberto Costa (PT-PE), a vantagem de 10 milhões de votos de Dilma sobre seu adversário, José Serra (PSDB), no Nordeste no segundo turno, dá mais espaço à região no próximo governo.

Costa concorda que o Nordeste ganhou mais força política também por ter a maior parte de governadores eleitos de partidos que apoiam Dilma e por os nordestinos terem ampliado sua participação na bancada petista no Congresso Nacional. "A votação nos dá certa autoridade para que nossas demandas, sejam não só justas, mas também consideradas", disse.

O futuro senador, o mais votado em Pernambuco, nega, porém, que esteja participando de alguma articulação para colocar um nordestino em algum ministério. "É claro que se tiver nordestinos lá, eles vão puxar o debate dos grandes temas para a região, mas não quer dizer que isso não vai acontecer se não alguém do Nordeste não estiver no cargo", disse Costa.

Para o pernambucano, a força política ganha pelo Nordeste nestas eleições deve ser respondida pelo governo Dilma mais com projetos que levem em consideração a questão regional, com investimentos em infraestrutura, e pensar o Brasil como de uma forma global, em continuidade ao governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Embora diga que o Nordeste recebeu tratamento especial durante o governo Lula, o deputado federal reeleito Luiz Couto (PT-PB) afirma que há questões ainda pendentes, como a reforma agrária. O paraibano sugeriu a presença de um nordestino no Ministério do Desenvolvimento Agrário, para dar prioridade à questão no Nordeste. "Eu acho que temos condições efetiva de ter mais participação no governo Dilma", disse.

Fonte: Agência Política Real

Secretaria da cultura, esporte e juventude promove o II Torneio de futebol entre servidores


Nos dias 3 e 4 de dezembro, a Secretaria da cultura, esporte e juventude de Acopiara promoveu na AABB de Acopiara a II Edição do Torneio de Futebol de campo entre os servidores de todos os órgãos municipais com objetivo de atender a solicitação dos próprios servidores que manifestaram desejo em repetir o sucesso do primeiro evento, realizado em janeiro deste ano.


quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

PSDB racha ao meio em relação a Cid


A situação do PSDB cearense, que passa pelo dilema de ser governo ou oposição à gestão Cid Gomes (PSB) ficou ainda mais complicada nos últimos dias. Além das derrotas acumuladas nas eleições de outubro, da redução da bancada na Assembleia Legislativa e da debandada de prefeitos “infiéis”, o partido enfrenta agora, internamente, uma divisão política que fragiliza ainda mais o partido.


Quatro dos oito deputados estaduais eleitos não querem fazer oposição ao governo estadual, mas a executiva do partido já avisou que ser oposição vai continuar sendo o caminho do PSDB. Diante desse cenário, um dos deputados eleitos – Osmar Baquit – já estaria cogitando deixar os quadros do PSDB.


O tema, delicado, foi tratado pelos deputados eleitos com a direção estadual do partido na segunda-feira da semana passada, quando se reuniram.


Segundo o deputado estadual Fernando Hugo (PSDB), foi nesse encontro que os deputados Téo Menezes, José Teodoro (PSDB), Gony Arruda (PSDB) e Osmar Baquit (PSDB) avisaram que a postura de oposição ao governo Cid Gomes (PSB) lhes causaria desconforto.


Essa foi a ocasião, também, em que Baquit teria falado até em deixar o PSDB – segundo contou o deputado João Jaime (PSDB), atual líder da bancada do PSDB.”O povo, nas urnas, colocou o PSDB no papel de opositor, de fiscalizador”, defendeu o líder tucano.


O presidente da sigla, Raimundo Gomes de Matos (PSDB) afirmou que não quer obrigar ninguém a nada, mas avisou que os mandatos pertencem aos partidos. “O PSDB vai ter uma linha que os deputados deverão seguir, que é a linha de oposição”, disse o dirigente.

PT quer ser protagonista no governo Cid


Das eleições estaduais deste ano, o PT sai “vitoriosos” e “fortalecido” o suficiente para protagonizar a nova gestão Cid Gomes (PSB, 2011-2014). A avaliação foi feita ontem pelo vice-presidente da sigla, José Guimarães, após reunião da sigla, na manhã de ontem, no Hotel Praia Centro. A presidente estadual da legenda, prefeita Luizianne Lins, faltou ao evento por conta de seu aniversário, comemorado ontem.


“O PT estadual sai fortalecido e em condições de protagonizar o governo estadual e o federal”, avaliou Guimarães. Nas eleições estaduais deste ano, o partido elegeu quatro deputados federais (Guimarães, Artur Bruno, José Airton e Eudes Xavier) e cinco estaduais (Camilo Santana, Nelson Martins, Raquel Marques, Dedé Teixeira e Francisco Pinheiro), além do senador José Pimentel.


Mas o silêncio sobre a composição da próxima gestão de Cid perdura. A somente um mês do início do novo governo, o partido - que ainda é o maior aliado de Cid - diz nem ter tocado na questão durante a reunião de ontem. “A decisão é do governador, a gente não pode interferir nisso”, considerou Guimarães. Cid, por sua vez, também se mantém em silêncio, deixando a dúvida no ar entre os partidos aliados.


Segundo Guimarães, a reunião serviu para dar alguns informes nacionais e definir a data da próxima reunião, dia 13, quando o grupo irá preparar um documento no qual avalia o crescimento da legenda nestas eleições. O texto será apresentado no dia 18, quando a sigla reunirá seus prefeitos e deputados eleitos. O local ainda está indefinido.

terça-feira, 30 de novembro de 2010

Acopiara entra na luta contra AIDS


A Prefeitura de Acopiara deu início por meio da secretaria da saúde a Campanha do Laço Vermelho que simboliza a luta contra a AIDS em todo mundo.

Com a campanha, foram colocados grandes laços vermelhos em órgãos públicos e distribuídos entre servidores e comunidade laços pequenos para serem afixados próximo ao peito.

O laço vermelho é visto como símbolo de solidariedade e de comprometimento na luta contra a Aids. O projeto do laço foi criado, em 1991, pela Visual Aids, grupo de profissionais de arte, de Nova York, que queriam homenagear amigos e colegas que haviam morrido ou estavam morrendo de Aids. O Visual Aids tem como objetivos conscientizar as pessoas para a transmissão do vírus, divulgar as necessidades dos que vivem com o HIV/Aids e angariar fundos para promover prestação de serviços e pesquisas.

O laço vermelho foi escolhido pela sua ligação ao sangue e à idéia de paixão, afirma Frank Moore, do grupo Visual Aids, e foi inspirado no laço amarelo que honrava os soldados americanos da Guerra do Golfo.

A campanha é uma parceria das Nações Unidas e Associação Brasileira de Municípios – ABM para reforçar a necessidade de ações, pesquisas e, principalmente, de solidariedade aos que convivem com o HIV/Aids.

Até o dia 5 de dezembro a campanha terá continuidade em todo município, quem desejar participar, basta afixar o laço de fita no peito e mostrar toda sua solidariedade.

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

TRE cassa diploma de deputado estadual

O Tribunal Regional Eleitoral do Ceará cassou, durante sessão nessa noite de quarta-feira, o diploma do deputado estadual Neto Nunes (PMDB), com base no artigo 30-A da Lei 9.504/97. A representação por captação e gastos ilícitos de recursos na campanha eleitoral de 2006 foi interposta pelo Ministério Público Eleitoral e julgada procedente por unanimidade de votos dos juízes do pleno.

Segundo o TRE, a decisão não impõe a sanção de inelegibilidade por 8 anos, apenas a cassação do mandato, referente às Eleições 2006.

A comunicação à Assembleia Legislativa para o afastamento do referido deputado deverá ocorrer após a publicação do acórdão. Da decisão do TRE ainda cabe recurso.

terça-feira, 23 de novembro de 2010

Avaliação vai definir continuidade


O silêncio e a cautela típicos do governador Cid Gomes (PSB) sobre a divulgação do seu secretariado para o próximo mandato ainda devem perdurar por alguns dias. Porém, O POVO apurou que há expectativa de que já nesta semana Cid comece a receber os atuais secretários para avaliar os resultados à frente de suas respectivas pastas, e, posteriormente, decidir quem pode permanecer na próxima gestão.


Oficialmente, segundo o chefe de gabinete do governador, Almircy Pinto, essas conversas devem começar só no início de dezembro. Momento em que o governador reeleito deve sentar também com os partidos que o apoiaram.


Enquanto isso, aliados demonstram paciência. Segundo o vice-governador, Francisco Pinheiro (PT), as conversas no próprio partido só devem começar depois da “convocação” de Cid. (Ranne Almeida)

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

VERBAS PARA RECONSTRUÇÃO DE CIDADES


A Câmara dos Deputados aprovou, em plenário, o parecer do deputado José Guimarães (PT-CE), favorável à Medida Provisória 498/10, que abre crédito extraordinário de R$ 1,97 bilhão para atendimento a vítimas e reconstrução de cidades atingidas por enchentes ocorridas no primeiro semestre. A MP Também libera R$ 442 milhões para o Plano Integrado de Enfrentamento ao Crack. A matéria foi aprovada sem emendas e será analisada pelo Senado.

Para o relator da matéria, foi uma demonstração de maturidade dos líderes partidários a construção do acordo para garantir a aprovação da MP, já que “nos dois casos, são temas de grande relevância e interesse público”. “O Brasil inteiro acompanhou o drama causado por enchentes e esses recursos são fundamentais para as cidades atingidas. No caso do crack, é uma das piores mazelas da nossa sociedade e todo esforço é pouco para enfrentar o problema”, defendeu Guimarães.
Foto Divulgação.

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Nova mesa da Câmara Municipal de Catarina


Foi protocolada no último sábado a chapa que concorrerá a eleição da nova Mesa Diretora da Câmara Municipal de Catarina, a eleição será no dia 11 de Dezembro, mas a chapa já foi anunciada para que a população não tivesse dúvida quanto aos novos membros da mesa, que é composta por vereadores do bloco de oposição dentre eles o vereador Lourival Chaves (PRB) Reginaldo (PV) e Tatá (PT), e o Vereador Valmir (PMDB) que atualmente é lider do Prefeito Jefferson (PMDB), mas que teve a habilidade de compor com a oposição inclusive com o vereador Evandro (PRB) que retirou o seu nome da disputa para dar o apoio a chapa.
O vereador Valmir será o novo Presidente do Legislativo Catarinense e promete dar um avanço no Poder Legislativo, iniciando uma nova fase na política do nosso município.
Composição da nova mesa:

Antônio Chagas de Oliveira

Presidente

Antônio Reginaldo Gomes

Vice-Presidente

Francisco Lourival Chaves Neto

1 - Secretário

Antônio Francisco Rodrigues Pereira

2 - Secretário

Parabéns ao meu amigo Vereador Lourival Chaves pela sua luta no legislativo do município Catarina.

WILL ALMEIDA

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Vereador do PSB quer disputar a presidência


O vereador Elpídio Nogueira (PSB), ontem, ao anunciar que quer ser candidato à Presidência da Câmara Municipal de Fortaleza, afirmou desconhecer que a organização municipal do Partido Socialista Brasileiro (PSB) tenha declarado apoio à candidatura de Acrísio Sena (PT) contra a postulação do também petista e atual presidente da Câmara, Salmito Filho.

A informação de que o PSB de Fortaleza mandou seus vereadores votarem em Acrísio foi repassada no plenário da Câmara pela vereadora Eliane Novaes, também do PSB. "Sou o líder do PSB na Câmara e não fui informado dessa discussão no partido. Tentei contatar o presidente do PSB, mas não consegui", disse Elpídio, que afirmou ter ficado "surpreso" ao ouvir a declaração de Eliane.

Ele afirmou, ainda, que uma candidatura do PSB à presidência da Casa não está descartada e que ele próprio teria "vontade" de se candidatar. "Eu gostaria de ser presidente e melhorar algumas coisas que ainda são deficientes", declarou.

Elpídio Nogueira é ligado politicamente ao governador Cid Gomes (PSB) e, por isso, pretende esperar até a próxima semana, quando ele retornará da viagem que fez com o presidente Lula, até a última quarta-feira. Ele afirmou que essa reunião, já está marcada para a próxima terça-feira (16), acrescentando que não se trata de uma interferência de Cid na eleição da Câmara, mas de uma "discussão do partido".

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Acopiara: Esporte na Minha Cidade


O Governo do Estado do Ceará em parceria com a Prefeitura de Acopiara realizam neste sábado e domingo, 13 e 14 de novembro, no Pólo de Lazer, o Projeto Esporte na Minha Cidade que levará a toda população acopiarense atividades físicas, esportivas e de entretenimento.

Recreação, massoterapia, esportes, avaliação física, jogos de tabuleiro, danças, corrida de rua, brinquedos, oficinas, mini-cursos e entre outras atividades farão parte da programação.

Uma grande estrutura será montada na área do Pólo de Lazer Edson Monteiro para a realização destas atividades ligadas ao lazer e ao desenvolvimento esportivo.

No sábado a programação acontece das oito ao meio dia, e das 16 às 19 horas. Já no domingo, as atividades começam às 8 da manhã seguindo também até o meio dia e depois continuam das 2 da tarde até às 17 horas.

O Projeto Esporte na Minha Cidade vem percorrendo todo o interior cearense reunindo centenas de pessoas de todas as idades que buscam nestas atividades um lazer diferenciado com práticas esportivas e saudáveis.

A parceria entre estado e município foi firmada através das Secretarias do Esporte do Ceará e Secretaria da Cultura, Esporte e Juventude de Acopiara.

Parabéns ao Secretário de Cultura, Esporte e Juventude de Acopiara, Robson Almeida Diniz por mais esse projeto conquistado para o nosso município.

WILL ALMEIDA

Maiores informações pelo telefone: (88) 3565 1420.

Inácio admite ser difícil de acontecer


A realização de uma reforma política no Brasil é muito difícil de acontecer. A avaliação é do senador Inácio Arruda (PCdoB) que não acredita na influência do presidente Lula para viabilizar uma ampla reforma. Ele assegura que nenhuma reforma política será feita fora do Congresso Nacional e dos partidos políticos.

Para o senador cearense é necessário que seja feita apenas uma adequação no modelo eleitoral e de financiamento das campanhas eleitorais no Brasil. Essa adequação diz respeito a adoção do financiamento público de campanha e votação em lista porque uma coisa depende da outra. "É importante o financiamento público de campanha e somente poderá haver financiamento público com a votação em lista. Esses pontos, ressalta o senador, são importantes porque fortalecem os partidos políticos e representam uma significativa alteração nos costumes políticos no Brasil.

Observa ainda Inácio Arruda que os costumes e hábitos, no desenrolar da cena pública brasileira, consagraram o voto nos líderes, nas pessoas, nos indivíduos, que se tornaram mais importantes que os partidos políticos, que o Estado, que os municípios, sendo eles as grandes figuras das campanhas eleitorais. Por isso, argumenta, é muito difícil uma ampla reforma política no Brasil.

Institucional

Reforça ainda o representante comunista que uma grande reforma política só acontece quando há quebra institucional como aconteceu em 1988 com a Constituinte, resultado da mudança do Regime Militar para o Regime Democrático.

Agora o quadro é diferente e não há quebra institucional. Então, há tranquilidade política no país, não havendo necessidade de uma ampla reforma política. Ele admite que até mesmo a adequação que o PCdoB e outros partidos estão defendendo (financiamento público de campanha e voto em lista) é difícil de acontecer porque muitos parlamentares têm dificuldade de compreender o resultado positivo dessa mudança para a política e para o Brasil. Essas resistências estão no chamado "baixo clero", pequenos partidos.

Quanto à promessa do presidente Luiz Inácio Lula da Silva de se empenhar por uma reforma política depois que deixar o Governo acredita o senador Inácio Arruda que a participação de Lula será importante para manter o tema vivo na mídia. Mas, não haverá nenhuma reforma política fora do Congresso Nacional e dos partidos e se a influência de Lula como presidente da República não foi preponderante para essa reforma, quando deixar o poder sua influência será menor ainda.

terça-feira, 9 de novembro de 2010

Secretaria da Infraestrutura inicia recuperação de calçamentos


A secretaria da Infraestrutura de Acopiara deu início a um intenso trabalho de recuperação da pavimentação das ruas da cidade. Desde a sexta-feira, 29 de outubro, os principais trechos do bairro Moreiras começaram a ser recuperados, em seguida as obras terão continuidade no trecho restante da rua Antonio Moreira, próxima a estação ferroviária.

Segundo Dário de Sousa, gestor da pasta, todas as ruas acopiarenses foram visitadas e em seguida realizada uma avaliação para o início das obras nas vias com maiores danos verificados.

Quando encerradas as obras das ruas citadas, os trabalhos terão continuidade nas vias 07 de setembro, Cicero Mandu com João Paulo II, Av. Manoel Galdino, em frente ao CDI, na Vila São João em frente a escola Elodia Tavares. Também em Vila São João será recuperado o quebra- molas principal.

Além de obras de recuperação, a Prefeitura de Acopiara também está construindo diversos novos trechos de pavimentação, dentre eles nos bairro Vila Nova e Vila Ipiranga, deste modo a administração municipal está melhorando visivelmente a infraestrutura da cidade que cresce cada dia, exemplo disso são as inúmeras construções de residências particulares que se espalham em ritmo acelerado criando diversos novos bairros.