"QUEM SABE FAZ A HORA NÃO ESPERA ACONTECER"

Vandré

Páginas

domingo, 31 de outubro de 2010

Dilma Rousseff é a primeira mulher eleita presidente do Brasil


Dilma Vana Rousseff (PT), 62 anos, foi eleita neste domingo (31) a primeira mulher presidente do Brasil. Com 92,53% dos votos apurados, às 20h04, o Tribunal Superior Eleitoral informou que a petista tinha 55,43% dos votos válidos (excluídos brancos e nulos) e não podia mais ser alcançada por José Serra (PSDB), que, até o mesmo horário, totalizava 44,57% - confira os números da votação. Em um pronunciamento às 20h13, o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Ricardo Lewandowski, anunciou oficialmente a vitória da candidata do PT.

Na campanha eleitoral, Dilma contou com o engajamento do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, cujo governo registrou recordes de aprovação – na pesquisa Datafolha do último dia 27, aavaliação positiva do governo alcançava 83%.

Lula participou de vários comícios e declarou repetidamente o apoio à candidata, o que inclusive rendeu a ele multas por propaganda eleitoral antecipada.

Antes da deflagração da campanha, o presidente também se empenhou em montar uma grande aliança política, que, além da adesão de aliados históricos do PT, como PSB e PC do B, incluiu o PMDB, um dos maiores partidos do país.

O PMDB indicou o vice de Dilma, o deputado federal Michel Temer, presidente da Câmara. Nos últimos dias da campanha do primeiro turno, Lula chegou a dizer que esteve em mais eventos do que quando ele próprio foi candidato e disputou a reeleição, em 2006.

No segundo turno, a aliança contava com 11 partidos: PT, PMDB, PC do B, PR, PDT, PRB, PSC, PSB, PTC,PTN e PP, o último a anunciar apoio.

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

MAIS UMA GRANDE CONQUISTA NA EDUCAÇÃO DE ACOPIARA


A aluna Antonia Gracimara Pinheiro Pereira, do 9º ano da Escola Padre João Antonio, foi classificada como semi-finalista nas Olimpíada Nacional da Língua Portuguesa 2010.

Gracimara concorreu na modalidade de crônica, com o título “A Procura da Esperança“ e ficou classificada entre as 500 melhores redações do País e vai representar o município de Acopiara e o Estado do Ceará na etapa regional que acontecerá em Curitiba-Paraná, no período de 3 a 5 de novembro, onde terá a oportunidade de aperfeiçoar seu texto e concorrerá a etapa final.

Aproximadamente 7 milhões de alunos se inscreveram nas Olimpíadas de Língua Portuguesa 2010 com a participação de 60 mil escolas da rede publica e particular do ensino fundamental e médio de todo país representando cerca de 5 mil municípios que concorreram nas fases municipal e estadual. Para a etapa regional apenas 500 redações foram selecionadas, dentre elas está à crônica da Gracimara.

O sucesso da aluna Gracimara, representa o bom desempenho dos educadores da Escola Padre João Antonio, bem como de todos os educadores acopiarenses, na busca constante de uma educação de qualidade para todos.

A aluna teve a orientação do professor de Língua Portuguesa Erasmo Marcondes e recebe da administração municipal o reconhecimento pelo brilhante desempenho que obteve nas Olimpíadas Nacional da Língua Portuguesa.

terça-feira, 26 de outubro de 2010

Povo de Fortaleza se uniu para receber Dilma


A Praça do Ferreira, no coração de Fortaleza, ficou pequena para tantos eleitores e militantes que foram celebrar a visita da candidata à presidência Dilma Rousseff. Cercada pelo governador reeleito Cid Gomes e o deputado federal Ciro Gomes, a candidata teve dificuldade para dar a volta na praça em carro aberto, tamanha a multidão que a acompanhava.

Correndo de um lado para outro, na tentativa de alcançar o carro de Dilma e, pelo menos, tocar a futura presidente, os moradores de Fortaleza enfrentaram com bravura o sol do meio dia carregando bandeiras e distribuindo adesivos.

Postes e árvores foram escalados. Do chão, pouco se via já que o carro da candidata foi totalmente cercado pela militância.

A Praça do Ferreira explodiu em alegria quando a voz de Dilma ecoou nas caixas de som: “Vamos juntos, homens e mulheres cearenses, que têm tradição de luta”.

Na saudação à militância, a candidata alertou para os dois modelos em disputa nestas eleições. “Um modelo sempre voltou as costas para o Nordeste. No nosso modelo, que o presidente Lula começou e que nós vamos continuar, o Ceará tem lugar privilegiado. Jamais nós vamos deixar novamente que aquela situação de abandono e discriminação continue.”

Para Dilma, na reta final da campanha, só há espaço para a garra. “É o momento em que eu me encho de força, de energia e tenho certeza que com os votos de vocês eu vou ser a primeira presidenta do Brasil.”




Prefeito é entrevistado na rádio Carinhosa AM


No último sábado, 23 de outubro, o prefeito Antônio Almeida, esteve no estúdio da nova emissora acopiarense, Carinhosa AM 1450, onde concedeu uma importante entrevista aos radialistas Carlos Alberto e Roberto Nunes, falando sobre as obras que estão modificando o centro da cidade e preparando o município para o futuro, como a revitalização dos calçadões centrais, pavimentações de ruas e reforma e ampliação do Mercado Central.

Antônio Almeida na ocasião também ressaltou diversos outros empreendimentos que também estão sendo realizados em todos os recantos do município como, a construção de Sistemas de Abastecimentos em localidades da zona rural, Posto de Saúde de Isidoro, Creche de Educação Infantil, Saneamento e pavimentação de São Paulinho, pavimentação de Vila Umari, PSF tipo II em Vila Moreira, entre tantas outras obras.

Durante a entrevista, o prefeito foi indagado sobre os avanços da saúde do município, e explicou todo o processo que levou a administração municipal a assumir o Hospital Júlia Barreto transformando-o num órgão municipal com atendimento de qualidade 24 horas.

Ainda sobre saúde, o gestor falou da aquisição de um equipamento moderno para realização de exames laboratoriais, que é considerado o mais moderno de toda região.

Outro ponto destacado pelo gestor foram os investimentos na ação social e o que isto tem representado para a melhoria da qualidade de vida do povo de Acopiara, ressaltando principalmente os Programas e Projetos em pleno funcionamento e que tem obtido reconhecimento nas esferas estadual e federal.

Finalizando a entrevista, o prefeito afirmou que ações implantadas pela prefeitura buscam preparar Acopiara para o futuro, construindo uma cidade moderna, mais feliz e com melhor qualidade de vida para seus habitantes.

domingo, 24 de outubro de 2010

Projeto AABB Comunidade festeja o dia da Criança


Alunos participantes do projeto AABB Comunidade em Acopiara ganharam no Dia da Criança, uma programação especial que contou com partidas de futebol de campo entre os coletivos da manhã e tarde, teatro de palhaços com o grupo da Escola José Adonias, apresentação de dança com alunos da Escola Hugo de Gouveia, entre outras atividades.

Durante a programação, ainda foram entregues os novos instrumentos musicais para a Banda do Projeto, onde os alunos puderam também mostrar seus talentos como cantores e instrumentistas aos convidados presentes.

O evento foi prestigiado pela Presidente da AABB de Acopiara, Maria Leny Pereira de Souza, pela Secretaria do trabalho e desenvolvimento social, Aldanila Holanda Oliveira, pelo advogado Will Almeida e o senhor Luiz Leonardo, ex aluno e que hoje atua como voluntário do Projeto.

No encerramento, foi ofertado almoço e em seguida distribuído pipoca, algodão doce, picolé e lembrancinhas pelos próprios alunos com orientação da professora de artes, Djane Gurgel.

O Coordenador do Projeto Jocélio, lembrou que a realização da festa foi também uma oportunidade no sentido de que a população conheça um pouco mais do trabalho realizado pelo programa no município, cuja proposta básica é oferecer perspectivas de futuro a crianças e adolescentes.

O Projeto AABB Comunidade atende cerca de 200 crianças matriculadas na rede pública e desenvolve além de atividades educacionais e lúdicas, a prática de esportes, deste modo possibilitando ainda o exercício da cidadania e a construção de conhecimentos.

http://www.acopiara.ce.gov.br

Nova emissora de rádio da região Centro-Sul já está no ar


Teve início no último dia 18 de outubro a transmissão oficial da programação da rádio Carinhosa AM, cuja a frequência é 1.450khz. Esta emissora está localizada no município de Acopiara, região Centro-Sul do Estado do Ceará.

Com uma plástica moderna e pautada no jornalismo sério e verdadeiro, e também com uma programação musical de primeira qualidade, a rádio Carinhosa AM já caiu na graça do povo de Acopiara e de toda a região Centro-Sul.

Com modernos equipamentos e uma equipe profissional de primeira, a nova emissora já alcança o primeiro lugar em audiência no município de Acopiara, que além da Carinhosa AM, ainda conta com outra emissora AM e uma FM comunitária.

A emissora é dirigida por Henrique Barbosa(Administrativo) e Wilson Filho(Programação) e conta no seu quadro de locutores além do próprio Wilson Filho, também com Carlos Alberto, Gleide Araújo, Paulo Moreira e Roberto Nunes.

Os telefones de contato da Carinhosa AM são: 3565-0214 e 3565-0230 e o seu MSN é: carinhosaam@hotmail.com, e muito em breve a emissora estará na internet para todo o planeta. O site da mesma está em fase de produção.

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Mirian Sobreira e Cid Gomes articulam campanha pro Dilma no segundo turno em Iguatu


Nesta sexta-feira (22/10), o governador Cid Gomes junto com Mirian, lideranças locais e regionais, estarão conversando com várias outras lideranças sobre a campanha de Dilma no segundo turno dessas eleições.

Alias, em Iguatu somente Mirian colocou a campanha de Dilma na rua pedindo apoio e o voto dos iguatuenses para a candidata do presidente Lula, Mirian tem carro de som e militantes com panfletagem e adesivagem. Desde sábado ultimo que o PSB, PT, PCdoB e PRB, deram início a campanha pro Dilma.

Dilma, que tirou uma votação expressiva de votos em Iguatu e região,deverá ser mantida no segundo turno no dia 31 como primeira colocada e eleita a primeira mulher presidenta do Brasil.

www.iguatu.org

SBT desmascara reportagem tendenciosa da Rede Globo - Serra e a bolinha ...

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Ibope: Dilma tem 56% dos votos válidos, e Serra, 44%

Segundo pesquisa Ibope divulgada nesta quarta-feira, 20, a candidata do PT, Dilma Rousseff, possui 56% dos votos válidos para presidente da República. O candidato do PSDB, José Serra, aparece com 44%, segundo o instituto.

Nos votos totais, que incluem no cálculo brancos, nulos e indecisos, Dilma Rousseff registra 51% das intenções, e Serra, 40%. A margem de erro da pesquisa é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos.

De acordo com o Ibope, votos brancos e nulos somaram 5% e 4% dos eleitores declararam que vão votar nulo.

O Ibope ouviu 3.010 eleitores entre os dias 18 e 20 de outubro. A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal O Estado de S. Paulo e está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número 36476/2010.

Depoimento liga quebra de sigilo tucano a Aécio Neves


Por meio de sua assessoria, o ex-governador e senador eleito Aécio Neves (PSDB-MG) rechaçou qualquer ligação com o episódio da quebra do sigilo fiscal de pessoas vinculadas ao candidato José Serra (PSDB).

Em depoimento à Polícia Federal, o jornalista Amaury Ribeiro Jr. admitiu que encomendou a quebra dos sigilos fiscais do vice-presidente do PSDB, Eduardo Jorge, da filha de Serra, Verônica, do genro dele, Alexandre Bourgeois, e de outros tucanos entre setembro e outubro de 2009.


Os dados seriam usados por Amaury, que na época trabalhava para o jornal Estado de Minas, em uma apuração deflagrada quando Aécio e o ex-governador de São Paulo ainda disputavam no partido a indicação como presidenciável tucano.


Acompanhado do governador eleito Antonio Anastasia (PSDB) e do senador eleito Itamar Franco (PPS), Aécio participou ontem de um encontro com prefeitos e lideranças políticas em Juiz de Fora (MG), onde pediu votos para Serra.


A assessoria do ex-governador mineiro alegou que ele não tem qualquer relação com o episódio e a prática de quebra de sigilo nunca fez parte de sua trajetória política, “em mais de 20 anos de vida pública”.


No início de junho, durante viagem a Montes Claros (MG) - ao lado de Serra -Aécio reagiu com irritação às primeiras especulações de que o material contra o correligionário teria origem na disputa interna do PSDB. “Eu exijo respeito. A minha trajetória política é conhecida. E nós sabemos onde estão os aloprados, até endereço têm”, disse, se referindo ao QG da campanha do (PT).


“É um movimento subterrâneo tão estranho à nossa prática política, um exercício que não tem nenhum conteúdo de verdade”, disse o presidente do PSDB-MG, deputado federal Narcio Rodrigues. Segundo ele, a postulação de Aécio no partido não “era contra Serra”. “É muito assustador que essas coisas sejam levantadas como se tivessem alguma procedência.”


Narcio, contudo, não descartou a possibilidade de uma “origem mineira” do episódio, mas reiterou que o diretório estadual do PSDB e o ex-governador não têm nenhuma relação com os fatos.

Sem “degrau seguinte”


Ontem, durante a visita à cidade da Zona da Mata, Aécio disse que a vitória de Serra “fortalece sim o projeto político de Minas Gerais”, em referência a uma futura candidatura presidencial. Questionado se esse projeto ficaria mais fácil com a eleição do presidenciável tucano, o ex-governador disse que não faz “política pensando no degrau seguinte”.

Mas completou: “O que eu posso dizer é que espero que o Serra seja vitorioso. Para Minas isso será muito melhor (...) a eleição de Serra fortalece sim o projeto político de Minas Gerais”. (das agências de notícias)

Cid Gomes reúne líderes evangélicos em ação pró-Dilma


O governador reeleito Cid Gomes (PSB) vai reunir na manhã desta quinta-feira, 21, em Fortaleza, pastores e líderes evangélicos do Estado para mobilização a favor da candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff.

Durante o encontro serão apresentadas as propostas e projetos da candidata petista. A reunião acontecerá no La Maison Dunas, às 8h, e terá a participação dos senadores José Pimentel e Eunício Oliveira além de deputados, prefeitos e lideranças políticas do Ceará.

terça-feira, 19 de outubro de 2010

Cid reúne prefeitos e pede comprometimento


136 prefeitos participaram, segundo informou a organização de evento, ontem à noite, no Hotel Praia Centro, na Praia de Iracema, de uma reunião com o governador Cid Gomes (PSB) para discutir as estratégias da campanha no segundo turno e pediu empenho de todos para buscar mais de 80% dos votos do Ceará para Dilma Rousseff (PT) em 31 de outubro.

Dos gestores que foram ao hotel em Fortaleza, 23 são de legendas que estão apoiando a candidatura de José Serra (PSDB) neste segundo turno. De acordo com a presidente da Associação dos Municípios e Prefeitos do Ceará (Aprece), Eliene Brasileiro, 18 deles são do PSDB, quatro do PR e um do DEM.

Cid Gomes (PSB) embarcou ainda ontem para Brasília, quando terá audiência hoje com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) para discutir o andamento das obras da Ferrovia Transnordestina.

A prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins (PT), novamente não compareceu. O ex-coordenador de Articulação Política da Prefeitura, Waldemir Catanho, informou que Luizianne ainda se encontrava em São Paulo, onde foi acompanhar a candidata a presidente da República, Dilma Rousseff, no debate do último domingo, na Rede TV. Outro ausente foi o senador eleito e deputado federal Eunício Oliveira (PMDB) que se encontra em Brasília e não pôde prestigiar o evento.

Indagado sobre a ausência da prefeita, Cid Gomes declarou que considera normal, pois, segundo ele, cada gestor tem seus afazeres e novamente disse que não via divisão, mas empreendimentos de esforços em torno da campanha de Dilma no Estado.

Na entrada do auditório, uma mesa com adesivos e bottons em prol de Dilma Rousseff. Um deles tinha a seguinte inscrição: "Sou cristão, voto em Dilma", destaca o adesivo.

Durante o evento, a mãe de Cid Gomes, Dona Maria José, compareceu ao hotel com o grupo de mulheres que fez parte da campanha de reeleição de Cid.

Além dos prefeitos, o evento também contou com a presença de deputados federais, estaduais (eleitos e reeleitos em 2010), o deputado estadual Júlio César Costa Lima (PSDB), acompanhado do filho, este último eleito para a Assembleia Legislativa no pleito deste ano.

No encontro, Cid Gomes (PSB) afirmou que os prefeitos devem focar o debate em torno da estabilidade da economia e como a vida do brasileiro ficou melhor nos últimos oito anos de governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e que Dilma Rousseff representa a continuidade do projeto político do atual governo.

Dividido Brasil afora, PV do Ceará vai apoiar Dilma Rousseff


O diretório cearense do Partido Verde (PV) optou por apoiar Dilma Rousseff (PT) na disputa à Presidência entre ela e o tucano José Serra. De acordo com o candidato derrotado ao Senado e dirigente do PV-CE, Paulo Eduardo Lima, o Polô, sete de 11 dirigentes da sigla local votaram pelo apoio a Dilma; dois optaram por Serra e outros dois abstiveram, aguardando a decisão do PV nacional.


A decisão estadual foi votada no último dia 11, antes mesmo da resolução nacional do PV, divulgada no último domingo, 17. Se o PV decidisse por Serra no âmbito nacional, a resolução cearense seria invalidada. Como Marina Silva anunciou posição de neutralidade do partido, o diretório cearense pôde manter apoio a Dilma.


Polô declarou seu voto a Dilma e afirmou que o candidato derrotado do partido ao Governo, Marcelo Silva - que ficou em quarto lugar no primeiro turno com pouco mais de 66 mil votos – “segue a mesma posição”.


Ainda segundo o candidato derrotado ao Senado, a opção da maioria dos dirigentes por Dilma deve-se principalmente ao fato de o PV de Fortaleza ser da base aliada de Luizianne Lins, a presidente do PT no Ceará e coordenadora da campanha de Dilma na capital cearense.


O diretório municipal do PV se reúne hoje, na sede do partido, para avaliar a conjuntura e decidir como será o apoio e mobilização dos militantes a favor da candidata petista.


Polô também fará um convite formal ao senador eleito José Pimentel (PT) para que compareça à sede municipal do PV e assine termo de compromisso com o código ambiental, em reunião cuja data ainda será definida. Caso aceite o convite, Pimentel terá a oportunidade de palestrar na sede do PV defendendo a afinidade entre as siglas PT e PV.


O PT nacional aceita 41 dos 43 pontos do código florestal. A coligação PSDB/DEM, segundo Polô, “tem uma dificuldade muito maior” de se comprometer com o código e vai de “encontro com as ideias preconizadas (divulgadas) por Marina”.


Restrições

Os dirigentes do PV poderão realizar atos de campanha, porém com restrições estabelecidas pela cúpula do partido nacional.

Assessor de Marina Silva, o cearense Pedro Ivo Batista, que declara voto em Dilma, explica que os filiados ao PV podem se engajar em campanha “em caráter pessoal”, mas não podem usar influência de dirigente partidário para tentar angariar votos para qualquer candidato, Dilma ou Serra. Também fica vetado o uso de símbolos do PV (broches, adesivos, jingles etc.) para pedir voto.

André Teixeira

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Cid faz panfletagem para a candidata do PT


Dando sequência a uma agenda de compromissos em favor da candidatura de Dilma Rousseff (PT), o governador Cid Gomes (PSB) esteve ontem, pela manhã, na Praia do Futuro, colando adesivos da petista em carros e, aproveitando o momento, pedindo votos para a ex-ministra. Cid chegou ao local pouco antes das 11 horas e contou com a ajuda de deputados e do vice-governador eleito para o próximo mandato, Domingos Filho (PMDB).

Para um encontro hoje à noite, o governador Cid Gomes convidou todos os 184 prefeitos cearenses, independentemente de filiação partidária, para pedir o engajamento deles na campanha presidencial da candidata petista. Os governistas esperam reunir pelo menos 100 dos prefeitos convidados

Antes de Cid chegar ontem à Praça 31 de Março, dezenas de militantes já estavam naquele local colando adesivos em carros e distribuindo material de campanha de Dilma. Carros de som e um trio elétrico parado tocavam vários jingles da campanha. Mas só com a chegada de Cid que a movimentação foi intensificada.

No local, mesmo antes de Cid chegar, grande parte dos motoristas pedia adesivos ou bandeirinhas, mas outros buzinavam e reclamavam da movimentação, que paralisava por instantes o trânsito na avenida Santos Dumont. Alguns chegaram a subir os vidros dos automóveis para não receber material, outros faziam gestos que significavam reprovar a candidata petista.

domingo, 17 de outubro de 2010

Padre critica panfleto contra Dilma e Tasso reage


A visita do presidenciável José Serra (PSDB) a Canindé, durante os festejos em homenagem a São Francisco, terminou em confusão entre o padre que celebrava a missa das 16 horas e tucanos. Entre eles, o senador Tasso Jereissati, que tentou tirar satisfações com o religioso - cujo nome não foi informado pela secretaria paroquial da Basílica - depois que ele, no fim da celebração, reclamou da distribuição de panfletos contra a também candidata à Presidência, Dilma Rousseff (PT).

O material apresentava três motivos para não votar na petista e, segundo o padre, estavam sendo distribuído durante a missa. Assinada pelo Instituto Vida de Responsabilidade Social, e apresentando dois números de CNPJ, ele afirmava, por exemplo, que Dilma é a favor do aborto, envolvida com as Forças Revolucionárias da Colômbia (Farc) e que “nunca na história desse país houve tanta corrupção”.

Com um exemplar do material em mãos, já no fim da celebração, o padre reclamou: “Estão acusando a candidata do PT de várias coisas, afirmando em nome da Igreja. Não é verdade! Isso não é jeito de se fazer política! A Igreja não está autorizando isso”, bradou o padre, provocando os aplausos de fiéis e a revolta de Tasso, que partiu para cima do altar, sendo contido por uma assessora e pela esposa, Renata Jereissati. “O senhor não pode fazer isso”, repetia Tasso. Nesse momento, o padre sumiu do recinto, e não conseguiu mais ser localizado pela imprensa. Ao mesmo tempo, presentes gritavam os nomes tanto de Serra como de Dilma.

Enquanto isso, o candidato do PSDB ao Planalto agia como se nada estivesse acontecendo. Quando a confusão já estava generalizada, Serra continuava com o semblante tranquilo, sentado na primeira fileira do recinto, conversando e tirando fotografias com eleitores.
Pouco depois, saiu escoltado por seguranças e correligionários, sem dar entrevista.

Tasso, por sua vez, não ficou calado, e acusou o sacerdote. “O padre é petista. Tá ali com uma bandeira petista dentro da Igreja. São esses padres que têm causado problema na Igreja”.

Reclamações

Antes, ao longo da celebração, a missa já vinha tumultuada. Depois que Serra chegou e tomou assento, uma multidão de fotógrafos, cinegrafistas e jornalistas o rodeou. O padre reagiu imediatamente. Ele lamentou que, “infelizmente”, nem todos tinham ido à missa com o mesmo objetivo: louvar São Francisco. “Não me refiro a A ou B, mas àqueles que estão conversando e tumultuando. A prioridade aqui é a palavra de Deus. Se você está aqui com outra intenção, assim como você entrou, pode sair”.

Em outro momento, nova reclamação: “Vocês não vieram aqui para ver os políticos. Vocês vieram aqui para ver quem? São Francisco”. Na comunhão, mais reclamações: “Estão atrapalhando com filmagens. Não é assim que se faz política, não. Estão atrapalhando a celebração do começo ao fim. Lamentavelmente isso é uma profanação”, disse.

O POVO

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Dissidentes tucanos são anistiados



A cúpula do PSDB do Ceará decidiu perdoar todos os correligionários que “traíram” a sigla no primeiro turno e apoiaram Dilma Rousseff (PT) à Presidência e Cid Gomes (PSB) ao Governo do Ceará. Agora, neste segundo turno, contudo, os tucanos prometem cobrar com rigor o apoio ao candidato do partido ao Planalto, José Serra.

De acordo com o ex-candidato ao Governo do Estado Marcos Cals, será exigido de todos os diretórios da sigla a “integração na eleição de José Serra”. “Aquele que não se integrar será convidado a sair do partido”, completa Cals.


Foi o próprio Cals quem propôs, à Executiva do partido, que fosse dada a anistia aos infiéis. “Para trás, está tudo ok. O que está valendo agora é daqui para frente”, argumenta Cals, garantindo que a fidelidade, agora, será cobrada.


É o caso da prefeita de Baturité (93 km de Fortaleza), Silvana Furtado, tucana que declarou apoio a Dilma no primeiro turno. De acordo com a assessoria da prefeita, por ora, ela “não manifestou publicamente” apoio a nenhum dos candidatos que disputam o segundo turno.


Entre os assessores da prefeita, ainda corre a informação de que ela poderia ser punida pelo PSDB por causa de sua postura pró-Dilma no primeiro turno. O que Cals nega. “Acho que ele (o assessor da prefeita) está enganado, posso até afirmar que não é verdade, já que sou o autor da proposta (de anistia aos infiéis)”, diz o ex-candidato.


Questionado se haverá fiscalização do PSDB para controlar o apoio dos correligionários, Cals diz que a vistoria é desnecessária. “As informação chegam a nós naturalmente, ningué aqui é dedéu (sic)”, disse.


Apoio a Cid

Além de Silvana Furtado, pelo menos 14 prefeitos tucanos – de um total de 54 prefeituras comandadas pelo PSDB – apoiaram a candidatura ao governo do Estado de Cid Gomes (PSB), que faz parte da base de apoio a Dilma no Ceará.

Cals explica que mesmo os prefeitos que estiveram ao lado de Cid Gomes no primeiro turno, devem agora seguir a determinação nacional de reforçar a campanha de José Serra ao Planalto. “A regra vale para todos do partido”, diz.


Cals garante também que os deputados tucanos eleitos para a Assembleia Legislativa do Estado farão “oposição coerente” a Cid no próximo quadriênio.


O POVO

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Serra e FHC não podem voltar ao poder - Ciro Gomes

Cid reúne aliados para 2º turno, mas sem Luizianne


O governador reeleito Cid Gomes (PSB) já está coordenando de fato a campanha de Dilma Rousseff (PT) no Ceará. Um dia após se reunir com presidentes e dirigentes dos 16 partidos da aliança governista, Cid recebeu, na manhã de ontem, diversos parlamentares eleitos por sua coligação para definir as estratégias para o segundo turno.


Assim como no encontro de Cid com os dirigentes dos partidos, a prefeita de Fortaleza e presidente do PT cearense, Luizianne Lins, que comandou a campanha de Dilma no primeiro turno, não esteve presente na reunião de ontem. Na segunda-feira, 4, Cid foi a Brasília e recebeu da própria Dilma a missão de comandar sua campanha no Ceará. Na quarta, Luizianne demonstrou descontentamento com a decisão e ameaçou se retirar caso considerasse “incompatível” sua presença na coordenação.


Segundo o vice-presidente do PT do Ceará, deputado José Guimarães, presente ao evento de ontem, “esse debate (sobre o comando da coordenação da campanha) passou longe da discussão com os deputados”. Mas, mesmo minimizando o mal-estar, Guimarães deixou transparecer o incômodo. “O PT indicou a Luizianne, portanto, tem que se buscar o entendimento. Nada na política se fez sem entendimento”.


Quando perguntado sobre qual será o papel de Luizianne no segundo turno, Cid, nitidamente constrangido, disse que “isso não faz parte das minhas preocupações”. “O que nós temos que ter é desprendimento e disposição pra trabalhar. O que eu acho fundamental disso tudo é que todos se engajem”, afirmou.


Estratégia


Para o segundo turno, a principal meta da campanha pró-Dilma no Ceará é convencer os eleitores de Marina Silva (PV) a votar na petista, sobretudo os do Cariri e da Região Metropolitana de Fortaleza. Segundo Guimarães, o objetivo “é garantir, pelo menos, 75% a 80% dos votos válidos do Ceará”.
O POVO

TSE confirma Dedé Teixeira



O deputado estadual Dedé Teixeira (PT) conseguiu manter sua vaga de deputado estadual na Assembleia Legislativa. Foi publicada ontem decisão monocrática do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que considera regular o registro de candidatura de Dedé, que até então estava com a candidatura indeferida pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-CE). Ele havia sido enquadrado na Lei Ficha Limpa, que veda a candidatura de políticos com condenação transitado em julgado.


Com o deferimento, os 52.679 votos dados a Dedé Teixeira passam a ter validade no cálculo da composição da 28º legislatura da Assembleia, que inicia a partir de 2011. A quantidade de votos, embora não suficiente para garantir mais uma vaga para a coligação PT/ PRB/PT/PMDB/PSB, é o bastante para garantir a entrada de Dedé em uma das 20 vagas conquistadas pela coligação. Com isso, quem deixa de assumir como deputado estadual é Daniel Oliveira (PMDB), sobrinho do senador eleito Eunício Oliveira (PMDB).


Até a noite de ontem, o nome de Daniel ainda constava na lista dos eleitos divulgada no site do TSE. Mas em função de ser o candidato com menor número de votos entre os 20 eleitos da coligação, Daniel será excluído da lista para dar lugar a Dedé.


Ontem, Dedé Teixeira disse que se sentiu “injustiçado” pelo TRE-CE, afirmou que se a decisão do TSE tivesse saído antes do dia 3 de outubro, sua votação seria “muito” maior. Afirmou ainda que considera “importante” a Lei Ficha Limpa e fez um apelo: “É preciso que os Tribunais não tenham decisões diferenciadas. A lei é importante desde as decisões não sejam antagônicas”.


Com a mudança, a bancada do PT cresce de cinco para seis deputados. E a bancada do PMDB fica reduzida de três para dois deputados.